Costa Rica: é um paraíso?

Oi gente!

Desculpem meu sumiço, mas ultimamente tem sido difícil escrever. Todos que me mandam e-mails eu respondo!

Admito que criei uma relação de amor e ódio com a Costa Rica. Fácil amá-la, fácil odiá-la. Existem dias de amor e dias de ódio. Como qualquer relação intensa. Mas, uma coisa que sempre tentei é ajudar quem quer saber sobre o país, do pouco que eu sei, com uma visão mais neutra possível. Nesse texto, falo o quanto a visão de paraíso da Costa Rica é um tanto quanto duvidosa…

Eu recebo muitos pedidos de ajuda em relação a pessoas que querem vir pra Costa Rica, pessoas que querem saber como é viver aqui. Muitas delas possuem uma visão um tanto quanto equivocada sobre o país. A grande maioria de postagens e fóruns sobre a CR é sem dúvida na visão dos turistas que vem por pouco tempo e em grande maioria, dos estrangeiros norte americanos que possuem um outro tipo de experiência, já que eles não vem de um país latino como o Brasil.

Essa visão dos turistas é muitas vezes permeada pela CR ser um paraíso tropical. Muitas praias, natureza, esportes radicais, não tem exército – ou seja é um país de paz, vulcões, clima agradável e pessoas amigáveis. Existe isso de verdade? Olha, sim existe! MAAAAAS está longe de ser um paraíso.

O clima é bom? Sim, maravilhoso! Apesar dos 6 meses chuvosos, existem somente dois meses em que a chuva é demasiado: setembro e outubro. Ano passado, pelo furacão Otto, novembro e início de dezembro também foram bastante chuvosos, mas, no geral, a chuva não atrapalha e é possível ver o Sol todos os dias. Além disso, o microclima é real e mesmo o país sendo pequeno, há mudanças de clima dentro do território.

A natureza é presente mesmo na cidade? Sim! Muito verde por todos os lados!

A cidade tem estrutura? Ehhh, digamos que sim e não. Acredito que tem melhorado  e já vi obras sendo finalizadas, mas para mim até a capital parece uma cidade do interior do RS, por exemplo. Não existem muitas avenidas grandes, a maioria das ruas são pequenas e tem um clima mais rural. Cada cantón (cidade), por mais pequeno que seja, tem sua praça com a igreja, o banco e a sorveteria. Para quem vem de cidades grandes como algumas capitais no Brasil, vai estranhar muito essa arquitetura um tanto quanto simples demais. Os edifícios altos, são ainda poucos, estão crescendo, mas ainda está num processo de. Por enquanto, ainda existem mais casas.

Outro erro comum é achar que o país é barato, deve ter sido em algum momento, mas não é mais assim e TUDO aqui é mais caro que no Brasil. Não se iludam. Costa Rica é o país mais caro da América Central. Se você quer talvez comprar um imóvel, dependendo qual cidade está comparando, vai ser mais barato comprar aqui. Esse é um dos poucos exemplos que consigo colocar como sendo mais barato. Alimentação e lazer aqui são bem caros. E, sendo residente estrangeiro, você tem que driblar muitas das tentativas de querer lhe passar a perna e cobrar mais.

Mais uma coisa que é muito difícil de conseguir são os serviços especializados. Comprou uma bike excelente por aqui, belezura, mas vai ser difícil achar alguém que saiba mexer nela com precisão. Possui uma câmera importada profissional? Beeem difícil achar quem conserte se acontecer algum problema. Minha sensação é que até os serviços são importados ou que precisarei ir até outro país para conseguí-los. Estou falando de qualidade e profissionalismo. Encontrei já “serviços especializados” com preços exorbitantes.

Imigração: para trabalhar de maneira legal aqui você precisa do patrocínio de alguma empresa. Senão, vão sobrar os trabalhos informais, você terá que sair do país a cada 90 dias (tem gente que nunca sai, depois sai e volta tranquilo? sim tem, mas não recomendo que você se baseie pelo lado ilegal da coisa) e não terá sua residência. Cônjuges que vem de acompanhante também não podem trabalhar legalmente nos primeiros três anos.

Nem preciso falar do trânsito outra vez, certo? Mas, é um tanto quanto caótico. Pura vida não se aplica no trânsito.

Por isso, eu recomendo fortemente quem esteja pensando em se mudar para cá (e para qualquer país né gente?) que avalie bem e venha visitar o país antes, entender como é sua área profissional aqui, se possui espaço para empreender, se você gosta da filosofia Pura Vida, enfim, esteja bem consciente do que lhe espera. Entendo que o Brasil está atualmente em maus lençóis, mas não se jogue em qualquer país pela capa ou pela propaganda de turistas. Viver é bem diferente do que turistar. Há brasileiras e brasileiros que amam a CR e escolheram o país como seu lar? Sim! Há brasileiras e brasileiros que não gostaram e saíram? Sim.

Esteja consciente e parta para a ação! E todos os países têm seus problemas, sair do Brasil não te trará a perfeição, nem o paraíso na terra.

Agradeço tua visita!
Bruna Costa.

Entre em contato pelo e-mail: vivercostarica@gmail.com.

 

 

 

 

2 comentários Adicione o seu

  1. oi Bruna,

    gostamos muito das férias na CR, apesar dos vários momentos em que a chuva atrapalhou nossos passeios, mas eu jamais pensaria em morar aí. Não só porque os preços são desproporcionais ao padrão de vda das pessoas, mas porque a qualidade dos produtos e serviços também me pareceu abaixo dos valores cobrados.

    por outro lado, a simpatia do povo tico parece acabar atrás do volante: não se trata somente – ‘somente’ – da desqualidade das ruas/estradasl falta de sinalização e guardas de trânsito, mas da própria atitude dos motoristas, agressivos quase sempre.

    o melhor da nossa viagem pela Costa Rica foi a presença dos amigos queridos que moram aí. Mas amigo sempre é lindo em todo e qualquer lugar, né?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Realmente o custo de vida aqui é muito alto, muitos locais falam que a Costa Rica é a Suíça da América Latina, só se for no preço mesmo, mas os comentários giram em torno de uma qualidade de vida muito idealizada e pouco real. Talvez existia há alguns anos atrás, não mais a realidade. Por aqui, o bairrismo é grande e a acomodação também, não se protesta por nada e a “solução” para o trânsito lento e transporte público desorganizado é sempre comprar mais carros. Uma pena! Meu amor pela Costa Rica se baseia na natureza e no clima, ótimo durante todo o ano.
      Poder receber amigos queridos e dar um pouco de suporte nesse país um tanto quanto selvagem também é uma grande felicidade! Obrigada pela companhia pura vida (no bom sentido)!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s