Relacionamentos à Distância

Já tive muitos amigos que foram morar no Exterior e ainda não sei se me acostumei com o fato de que agora eu sou a amiga que está longe. O que aprendi até agora sendo a amiga longe é que qualquer OI vindo de um amigo querido faz o dia parecer mais ensolarado pelo simples fato de ter sido lembrada, já que ouvi tanto a expressão: “quem não é visto, não é lembrado”.

Quando morava praticamente na mesma cidade que a maioria dos meus amigos, era muito fácil adiar encontros, porque sempre teria outra chance. Engano meu (e de tantos outros). Estando em outro país, o cenário muda totalmente e os encontros acabam tendo data marcada para acontecer e a valorização disto se torna muito maior.

Uma analogia que faço em morar no exterior é como um morrer em vida, você começa uma nova vida em outro lugar, muda completamente todo o contexto e até as atividades que fazia. Estar longe das pessoas, vendo casamentos acontecendo, bebês nascendo, crianças crescendo, casais se divorciando, faz vermos a vida de lá, de longe. Tudo continua num ritmo esperado, numa batida que conhecemos, mas já não estamos mais vivendo na mesma batida.

Fuso horário também muda muito a relação com as pessoas. Quando acordo, o pessoal já está terminando o almoço e o bom dia sempre acaba estando no descompasso. Quando estamos em casa à noite, depois do trabalho, já não tem como falar com mais ninguém do Brasil, porque estão dormindo. E assim vai.

Mas também, há algumas pessoas que parecem que sempre estão no mesmo fuso, que sempre estão ali, não importa a hora e o lugar. E estar longe, bem ou mal, faz com que a avaliação de “quem são meus verdadeiros amigos” aconteça.

Por mais que é importante fazer novos amigos no novo país, é ainda mais importante ter um porto seguro pra voltar quando necessário. E apoio no período de adaptação. Alguns amigos, não percebem (não por culpa deles) que sair da zona de conforto é lindo e dolorido ao mesmo tempo, e acabam pela distância se afastando, colocando a justificativa de que a fulana precisa viver lá agora. E assim, uma ruptura natural acontece.

Tive (e ainda tenho) apoio e suporte de muitos amigos logo que cheguei aqui e isso fez toda a diferença para minha adaptação. Agradeço imensamente estes amigos.

E os relacionamentos de família?

Acredito que as famílias se unem mais. Pelo menos, tenho percebido isso com a minha família. Por estar longe, a necessidade de conversar é maior, a necessidade de contar novidades e a necessidades de dividir medos, dúvidas e desafios, tudo é multiplicado.

E infelizmente, eu acho, com a distância, tudo é mais valorizado. Os problemas diários de cotidiano não existem e sobra espaço para ver como sua família tem boas qualidades. Sobra espaço para ver o tamanho de amor que existe e que família é sim (mesmo que com problemas) a nossa base, a nossa origem e a nossa história.

Para você que está perto de sua família e amigos de sempre, corre lá e não deixe de encontrar ninguém porque sempre terá um novo dia. Mesmo morando na mesma cidade, nunca sabemos quando será nosso último dia de vida e às vezes, se dar conta disso pode ser muito tarde.

Para você que está longe, aproveite o distanciamento para entender sua origem, suas verdadeiras amizades e entender o que você dá mais valor. E claro, esteja aberto para novas amizades, novos encontros e descobertas.

Agradeço tua visita aqui.

Entre em contato comigo pelo e-mail: vivercostarica@gmail.com

Bruna.

3 comentários Adicione o seu

  1. Cesare disse:

    Compartilho destas tuas experiências Bruna! Morri e nasci de novo (como você citou) sem nem sair do país!!! hahahah
    Ou melhor, nordeste é outro país…
    Vocês já tem previsão de quando virão pro Brasil tirar férias?

    Curtido por 1 pessoa

    1. Totalmente, estados do Brasil são pequenos países, ainda mais sair do Sul e ir pro Nordeste.
      Eu vou agora em Junho sozinha, mas acredito que final do ano, início do ano que vem vamos de novo nas férias do Sérgio. Até estamos pensando em fazer um tour pelo Nordeste 🙂

      Curtir

      1. Cesare disse:

        Bacana! Se precisarem de consultoria no quesito me disponho, conheço uma ou outra coisa, nordeste é muito grande!

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s